Nos EUA, dupla graduação é opção para os estudantes

Alunos podem cursar disciplinas de cursos diferentes até se definirem profissionalmente

    • ViaEPTV
    • /
    • ViaEPTV
Muitos estudantes gostam da ideia de se tornarem engenheiro ou economista, quem sabe até jornalista. Porém, também cogitam carreiras na área artística e de tecnologia. O que fazer!? Como decidir entre duas ou mais opções?
Você sabia que o Brasil é um dos poucos países do mundo que exigem que o estudante escolha o curso antes de chegar à faculdade?
Atualmente, existem diversos debates para mudar essa regra, tirando o peso dessa decisão de um jovem de 16, 17 ou 18 anos.
Hoje, apenas como exemplo, mais de 60% dos jovens que iniciam o curso de engenharia não terminam o primeiro ano. Essa estatística é reforçada pelo fato de um estudante, recém-formado no ensino médio, ainda estar se autoconhecendo, entendo suas habilidades e aptidões, possíveis áreas de estudo e carreiras que possa trilhar.
Nos Estados Unidos, os estudantes ingressam na universidade e somente após o quarto semestre de gradução, precisam declarar o curso de graduação. Interessante não? Isso acontece porque os Estados Unidos acreditam que, independentemente do curso ou da carreira que o jovem irá seguir, ele precisa de uma base de conhecimentos padrão, porém de grande importância para sua vida. 
Durante os quatro primeiros semestres, em qualquer universidade americana, os estudantes são obrigados a passar por uma grade de matérias chamada ‘’General Education’’, ou seja, matérias básicas que envolvem economia, politica, comunicação, matemática e ciências.
Além disso, todo semestre os estudantes podem escolher de uma a duas disciplinas opcionais, independentemente da área. Uma vez decidido o curso de graduação, o estudante pode concentrar essas aulas em matérias de outro curso, assim podendo obter uma dupla graduação. Essa possibilidade é conhecida como ‘’double-major’’, a qual permite que o estudante possa conquistar um segundo bacharelado, sem precisar de um tempo adicional, ou qualquer custo extra. 
Imagine uma dupla graduação em Economia e Antropologia? Ou Engenharia e Comunicação? Quem sabe Psicologia e Medicina? Cinema e Design Gráfico? Administração e Empreendedorismo? Finanças e Ciência da Computação?
A estrutura norte-americana, permite que o estudante faça aulas de cursos diferentes nos primeiros semestres, possa conversar com professores e demais alunos, amadurecer melhor seus sonhos e, consequentemente, tomar uma decisão assertiva.
Para saber mais sobre a grade acadêmica das universidades americanas, dupla graduação e cursos disponíveis, acesse www.ci.com.br/estudar-no-exterior/universidade ou entre em contato com a CI Campinas Cambuí (19) 3754-5100 / (19) 99795-1267 (whatsapp).

 

 


Comentários

Confira também