Intercâmbio

Quatro dicas de estudo de inglês para Enem e vestibulares

Professor do Poliedro orienta a priorizar a interpretação de textos e criar o hábito de ler textos de atualidades na língua

| Da Redação

 

 

Inglês é a disciplina da semana no simulado Virando Bixo. E você está participando? Toda semana o VB divulga uma prova online sobre uma disciplina para ajudar você a estudar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vestibulares.  


As provas são preparadas pelos professores do curso e colégio Poliedro, que também dão dicas sobre os principais assuntos cobrados nos exames.  


Então não perca mais tempo e se inscreva já. É grátis! Basta fazer o cadastro AQUI.  


E confira as dicas do professor Francisco de Oliveira, que dá aulas de inglês no curso Poliedro.  


Enem, Fuvest e Unicamp: foco na interpretação  

No Enem, na Fuvest e na Unicamp o inglês é cobrado através de questões de interpretação de textos, unicamente. Já na maioria dos outros vestibulares, também aparecem enunciados de gramática e até mesmo vocabulário. No geral, pode-se dizer que a prevalência é das questões interpretativas, mas é importante não deixar o restante do conteúdo de lado na hora dos estudos, assim, pode obter maior pontuação e se diferenciar de outros concorrentes.  


Leia, leia e leia
A base da preparação para as provas de inglês pode ser reduzida a três parâmetros: leitura de textos de publicações internacionais de renome; análise das técnicas de elaboração e resolução de questões de interpretação de textos e estudo dos tópicos gramaticais mais cobrados e de maior influência na compreensão do texto. Leitura exige prática constante e deve se transformar num hábito a ser cultivado. 


Estude com provas de anos anteriores
As técnicas de elaboração e de resolução das questões de interpretação são ensinadas em aula e devem ser praticadas com provas de exames de anos anteriores. A gramática deve ser estudada em aula e praticada com exercícios específicos.  


Para o Enem
É importante perceber como o Enem principalmente, atribui relevância ao estudo de um segundo idioma. O Inglês é cobrado sob a forma de interpretação de texto, justamente para identificar se o aluno tem domínio suficiente da língua para conseguir analisar, profundamente, o excerto.  


Também é interessante notar a valorização do cunho social. Por isso, é essencial que o estudante acompanhe notícias e atualidades, para complementar seus conhecimentos. Afinal, são temas que estão constantemente em pauta.  


A melhor forma de estar preparado para a prova de é treinar constantemente uma leitura atenta, empenhar-se nos exercícios, buscando fugir ao máximo da zona de conforto e explorar as dificuldades. A leitura calma e detalhada será essencial para garantir grande parte do conteúdo.