Intercâmbio

3 temas fundamentais de biologia na revisão para o Enem

A duas semanas do exame, que será nos dias 3 e 10 de novembro, é hora de repassar os conteúdos e manter a calma

| Da Redação

A duas semanas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é hora de revisar biologia -a prova da semana no Virando Bixo.  O Enem será nos dias 3 e 10 de novembro. 

 

O simulado é um projeto da EPTV para ajudar estudantes a se prepararem para o Enem e para os principais vestibulares. Confira aqui como funciona o simulado.  

 


E para dar aquela caprichada na revisão final de biologia, o professor Luccas Zillig, da Oficina do Estudante, preparou algumas dicas para você ir direto ao ponto. Confira, a seguir.  

 


Temas que não podem falar na revisão final 

Divisões celulares ( mitose e meiose)  

 

Relações ecológicas entre indivíduos  

 

Tipos de poluição e seus impactos no meio ambiente  

 


Temas que caíram em 2018  

"No ano passado, a prova foi mista. Caíram alguns conteúdos que nunca haviam sido cobrados e, acredito, podem ser cobrados novamente", diz o professor Zillig.  

 


"Caiu uma questão sobre câncer que é uma das doenças com que mais se gasta dinheiro na saúde pública. Nunca tinha aparecido no Enem, e acho que vai continuar aparecendo no Enem e nos grandes vestibulares".  

 


Outro tema novo na prova de biologia do Enem em 2018 é polinização. "Creio que isso seja um indício de que a gente precisa refletir mais sobre a importância da polinização e das abelhas", comenta o professor. "Foram liberados agrotóxicos que matam as abelhas, responsáveis pela polinização de alimentos que consumimos. Isso pode ser um indício de que esse tema pode continuar sendo pedido".  

 


O que não cai há tempos  

Segundo Zillig, questões mais aprofundadas sobre genética e sobre morfologia vegetal não têm sido cobradas no Enem. "É imprevisível, porque existem assuntos que ficam sem ser cobrados muito tempo e em determinado ano aparecem", diz.  

 


Como se preparar  

Assim como as provas das outras disciplinas no Enem, a de biologia exige que aluno tenha interpretação de texto muito boa, além de ser capaz de conectar e situar em diferentes conteúdos.  


"Uma ótima maneira de estudar é treinar interpretação de texto e procurar conectar os assuntos, não guardar os conteúdos em caixinhas", explica o professor. Ele lembra que os grandes vestibulares estão cada vez mais focados em questões interdisciplinares e o Enem deve seguir essa linha também. "Então, pode ser que apareça questões misturando disciplinas diferentes e o aluno tem que está preparado para relacioná-los da melhor maneira possível".  


Outra dica preciosa: "Sempre que tiver estudando, procure pensar quais são os impactos do conteúdo para a sociedade, para o meio ambiente. Essas são perguntas bacanas que podem auxiliar na interpretação", propõe Zillig.  


E como em todas as provas, leia tudo com muita com atenção e verifique se resposta realmente reponde à pergunta. Mantenha a calma!