Noticias

Enem: número de candidatos confirmados é o menor desde 2012

Segundo o Inep, cerca de 20% dos 6,3 milhões de inscritos não pagaram a taxa de inscrição

| Da Redação

O número de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 é o menor desde 2011. 


Segundo balanço divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), mais de 1 milhão dos 6.384.957 inscritos não pagaram a taxa de inscrição até o encerramento do prazo, no dia 23/5.  


Assim, o número total de participantes confirmados do Enem 2019 é de 5.095.308. No ano passado, foram cerca de 5,3 milhões de candidatos confirmados. Em 2017, 6,7 milhões - neste ano o Enem deixou de certificar para o ensino médio, atribuição que passou a ser do Exame Nacional de Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Em 2012, foram 4,3 milhões.  


Outro fator que pode ter influído na queda de confirmações é a mudança de critérios para conceder a isenção da taxa de inscrição, a partir de 2016. Em 2019, do total de candidatos, 58,5% obtiveram a isenção o menor número desde 2015. Em contrapartida, a proporção de pagantes é a maior, 41,5% do total.  

 

Candidatos durante prova do Enem
 

No entanto, em função dos novos critérios, a abstenção diminuiu: em 2018, 26% dos inscritos faltaram à prova, o menor número desde 2009.  


Segundo o Ministério da Educação, o número de candidatos confirmados corresponde à expectativa de participantes que irão efetivamente fazer a prova.    

 

Para o professor Marcelo Pavani, diretor do curso pré-vestibular Oficina do Estudante, além desses fatores já apontados, a queda do número de candidatos ao Enem pode estar relacionado ao clima de incerteza que se criou em torno do exame e à instabilidade no Ministério da Educação (MEC) nos primeiros meses do governo Bolsonaro. Embora o Inep tenha garantido a realização da prova, o instituto teve de contratar uma nova gráfica, pois a que era responsável pela impressão das provas faliu.   

 

"As sucessivas trocas de comando colaboraram para que as pessoas desconfiassem da capacidade do MEC e do Inep de realizar o exame. Este é um aspectos que se soma às isenções", comento Pavani.


Perfil  


As mulheres são maioria (59,5% dos confirmados) Os negros são 46,4% e os pretosm, 12,7%, pretos). Em relação à faixa etária, 26,7% têm de 21 a 30 anos, 17,8% tem 17 anos; 15,9% tem 18 anos.  


(Com informações da Agência Brasil)