Enem prioriza história e formação cultural do Brasil

Esta semana, participantes do Virando Bixo vão respondera 30 questões de história; confira nossa seleção de videoaulas

    • Da Redação
    • /
    • Marta Avancini

História é a disciplina da semana no Virando Bixo. Então, para ajudar quem está fazendo o simulado e quem vai prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e os vestibulares reunimos dicas de alguns dos melhores sites e canais de dicas de estudo.  

No Enem, cai muito mais história do Brasil do que história geral. Segundo levantamento do canal Raio-X do Enem baseado nas provas desde 2009, 58% das questões de história são sobre história do Brasil. E entre os diversos temas e fases da história do Brasil, o que mais cai é o período pré-colonial e colonial.  

Então, a dica é decorar os capítulos das apostilas sobre Brasil colônia, certo? Memorizar todas as datas e definições? Não, não é esse o caminho, porque a prova do Enem é valoriza a capacidade de análise e de crítica dos candidatos. Por isso, não adianta saber o que foram as capitanias hereditárias, é preciso ser capaz de explicar o que elas significaram para a formação política e econômica do Brasil.  

As questões culturais, relacionadas à formação do Brasil também são bastante cobradas no Enem. É importante, portanto, entender as características das matrizes culturais que formaram o povo brasileiro indígena, negra e europeia.
Veja mais no vídeo a seguir, elaborado pelo canal Pró-Enem:  

 

Embora predomine a história do Brasil, a história geral não pode ser deixada de lado. Entre os temas que mais caem estão a Revolução Industrial e o contexto da Segunda Guerra Mundial. Como o Enem é bastante focado na relação entre passado e presente lembrando que é uma prova que valoriza a capacidade de análise do aluno , é possível no exame de 2018 caiam questões relacionadas ao nazismo e fascismos. Em várias partes do mundo estão acontecendo processos de ascensão desses movimentos, como na Polônia e, até, nos Estados Unidos.  

No vídeo a seguir, os professores do Pró-Enem falam mais sobre este e outros assuntos:  

 


Um canal legal para quem quer ficar por dentro da disciplina, é o Se liga nessa história, organizado pelo professor Walter Solla e pelo produtor Ary Neto, formados pela Universidade de São Paulo (USP). Baseando-se nas provas do Enem, eles destacam alguns conteúdos, como a ditatura militar no Brasil e a República Velha. Confira o canal, clicando aqui.
 




Comentários

Confira também