Noticias

MEC abre inscrições para o Fies do segundo semestre de 2021

Serão oferecidas cerca de 69 mil vagas em 23 mil cursos de instituições privadas de ensino superior de todo o país

| Da Redação

Inscrições do Fies vão até 30 de julho e para participar do processo seletivo é preciso ter feito o Enem
 

 

Serão abertas, nesta terça-feira (27), as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2021. O prazo vai até sexta-feira (30), às 23h59. O resultado dos pré-selecionados, em chamada única, será divulgado no dia 03 de agosto.
 

As vagas ofertadas para o processo seletivo do segundo semestre de 2021 do Fies já estão disponíveis para consulta na página eletrônica do programa. São 69 mil vagas, distribuídas em 23.320 cursos/turnos de 1.324 instituições privadas de ensino superior. O total de vagas ofertadas neste ano é de 93 mil.
 

Diferente de anos anteriores, em 2021, a edição do Fies para o segundo semestre tem uma oferta maior de vagas do que a edição para o 1º semestre, que geralmente é a que tem um volume maior de vagas e instituições participantes.
 

Podem se inscrever no programa todos os estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação (MEC) e ofertados por instituições de educação superior aderentes ao Fies.


Para esta edição, a exigência de nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a de qualquer uma das edições do exame, a partir da edição de 2010 até o Enem de 2020. O candidato precisa ter obtido média aritmética das notas nas cinco provas do exame igual ou superior a 450 pontos, nota superior a zero na redação e não ter realizado o Enem na condição de treineiro. Outro critério para obter o financiamento é o de renda, que deve ser de até três salários mínimos de renda mensal bruta per capita.


Os candidatos não pré-selecionados na chamada única do Fies podem disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera. Todos os não pré-selecionados na chamada única serão, automaticamente, incluídos na lista de espera. O prazo de convocação por meio da lista de espera será de 4 a 31 de agosto.
 

(Com informações do MEC)