Noticias

Qual é o melhor momento para procurar um cursinho?

Confira as dicas preparadas pelo curso Poliedro, parceiro do Virando Bixo, para ajudar você a tomar essa decisão

| Da Redação

Mesmo com a mudança dos calendários dos vestibulares, os estudantes não devem desanimar
 

 

 Com o adiamento da data de aplicação dos principais exames e vestibulares do país, houve também o aumento do prazo de divulgação da lista de aprovados. Então, muitos estudantes estão em dúvida se devem ou não procurar um cursinho para se preparar para o vestibular. 


Alguns alunos já sabem que precisarão voltar para o cursinho, outros ainda estão em dúvida se vale a pena esperar pelo resultado ou se é melhor se antecipar e já investir na matrícula como "plano B".  


Para orientar quem está nessa situação, o coordenador do Curso Poliedro de São José dos Campos, Márcio Guedes Poliedro, preparou algumas dicas para orientar esses estudantes. O Poliedro é parceiro do site Virando Bixo.
 

Respeite seu corpo e sua mente: comece a ir às aulas quando estiver disposto  

Segundo Guedes, é comum que alguns estudantes precisem de um fôlego maior para retomar as aulas. "Muitos alunos, mesmo em anos sem calendários modificados, começam duas ou três semanas depois do início das aulas. São estudantes que precisam de um tempo, de férias, para assimilar o retorno. Como coordenador, garanto: esses alunos não perdem começando mais tarde, já que a complexidade das aulas é progressiva e o conteúdo está fresco na memória." Então, respeite seus limites e coloque seu bem-estar físico e emocional acima de qualquer decisão!
 

Apoie-se na Orientação Pedagógica e nos professores para entender os melhores caminhos para conquistar a aprovação 

Lembre-se de que a equipe do curso está presente para ajudar, seja na elaboração de um bom cronograma de estudos, seja na indicação de conteúdos relevantes e até mesmo para conversar, caso não esteja se sentindo bem. Contar com o apoio do corpo docente é importante para evitar ansiedades e frustrações desnecessárias e entender quais os melhores caminhos para conquistar seus objetivos.


Não desanime! Lembre-se de que o vestibular é uma grande competição 

É natural que um resultado negativo cause desmotivação, mas lembre-se sempre de que o vestibular é uma competição entre muitos estudantes. Alguns estão mais preparados, outros estão com melhores estratégias de provas e até mesmo mais dispostos para realizar o exame naquele dia. O importante é não deixar de ir atrás da aprovação. "Não há a possibilidade de não dar certo. O que varia é o tempo de preparo necessário para que cada aluno consiga a aprovação. Com uma boa rotina de estudos e foco, uma hora vai dar certo!", conclui Guedes.
 

Busque cursos que não apresentem multas contratuais por rescisão 

É comum que em muitos cursos do segmento Pré-Vestibular haja taxas ou multas elevadas em caso de rescisão contratual. Querendo ou não, é uma prática que penaliza o estudante que foi admitido na faculdade e não precisou concluir o cronograma. Portanto, leia atentamente o contrato e pesquise antes de tomar qualquer decisão, sempre considerando suas necessidades e o contexto em que se encontra.