Noticias

Agravamento da pandemia leva Unesp a adiar prova da 2.ª fase

Decisão foi motivada por pedido do prefeito de Araraquara, localizada no interior de SP, que está em lockdown

| Da Redação

Segundo a Vunesp, que organiza o vestibular da Unesp, não há previsão de quando o exame acontecerá
 

 A Universidade Estadual Paulista (Unesp) decidiu adiar a segunda fase do vestibular, agendada para o domingo (28), oem decorrência do agravamento da pandemia no país. 


A Vunesp, fundação responsável pela organização da prova, não definiu uma nova data ainda não está definida já que depende do controle da disseminação do vírus. 


O exame seria feito por 35.000 candidatos em 31 cidades paulistas e em Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR) e Uberlândia (MG). A aplicação foi adiada em todos os municípios. 


A decisão de adiar a prova ocorreu após um pedido do prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT), que decretou lockdown na cidade que já registrou nos 2 primeiros meses deste ano mais mortes por coronavírus que em 2020 inteiro.  


Inicialmente, a instituição planejou transferir os candidatos de Araraquara para fazer a prova em Ribeirão Preto. No entanto, o prefeito Duarte Nogueira (PSDB) demonstrou preocupação com a decisão.  O temor é que o deslocamento de participantes pudesse agravar a situação da pandemia em seu município.  


Segundo a Vunesp, o adiamento não deve atrapalhar o início do ano letivo, já que o calendário prevê o começo das aulas para os calouros em abril. 


(Com informações da Folhapress)