Noticias

Matemática: o que estudar para a Unicamp e USP na reta final

Se você ainda não se inscreveu no Virando Bixo 2020, faça já! É grátis e você ainda concorre a prêmios

| Da Redação

 
 

Preparado para a prova de matemática, a segunda prova do Ciclo 2 do Virando Bixo 2020? Durante esta semana serão liberadas as questões de Matemática, elaboradas pelos professores do curso e colégio Poliedro, parceiro do Virando Bixo.  


Se você ainda não se inscreveu no simulado, não perca mais tempo. Inscreva-se já aqui. O Virando Bixo é gratuito e você ainda concorre a prêmios: um computador para o primeiro colocado na categoria Vestibulando e um curso de inglês online para o vencedor na categoria Treineiro.  


Então, vamos às dicas da semana para orientar os participantes do simulado e, também, todos os estudantes que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e para os vestibulares  


Neste segundo ciclo do Virando Bixo, as dicas são sobre os vestibulares da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Fuvest, que seleciona os ingressantes da Universidade de São Paulo (USP).
 

Segundo os Cadernos de Revisão, desenvolvidos pelo Sistema Poliedro, os cinco temas mais recorrentes nas questões objetivas são:  


Unicamp:
1.Funções 11,76%
2.Matrizes 8,82%
3.Circunferências 7,35%
4.Probabilidade 7,35%
5.Polinômios 7,35%
 

Fuvest:
1.Grandezas proporcionais e médias algébricas 10,53%
2.Probabilidade 8,77%
3.Logaritmos 7,02%
4.Triângulos e polígonos regulares 7,02%
5.Polinômios 7,02%
 

Os cinco temas mais recorrentes nas questões discursivas são:  

Unicamp:
1.Funções 13,3%
2.Porcentagem e Matemática Financeira 10%
3.Matrizes 10%
4.Sistemas lineares 6,7%
5.Área de figuras planas e polígonos 6,7%
 

Fuvest:
1.Retas 10,8%
2.Sequências numéricas 10,8%
3.Análise combinatória 8,1%
4.Probabilidade 8,1%
5.Circunferências 8,1%
 

A seguir, confira as dicas do professor Gabriel Miranda Lopes de Almeida, que leciona matemática no Colégio Poliedro de Campinas.
 

1. O que fazer se, a essa altura do ano, o aluno perceber que tem falhas em temas básicos?  

O principal é manter a tranquilidade e começar já a revisar os temas de matemática básica o quanto antes. É absolutamente normal, no começo da revisão, perceber algumas lacunas no aprendizado. O conteúdo é muito grande e alguma coisa sempre fica de fora. Por isso existe a revisão!  


O segredo é encarar a revisão não como um estudo de validação do conhecimento adquirido e sim como um estudo que aponta o que deve ser melhorado.  


Ainda está na hora de errar e quem erra, aprende!  


Vale lembrar que a matemática básica deve ser estudada durante o ano todo e não apenas no início. Todo estudante deve manter a matemática básica em dia para conseguir ter uma boa evolução no conteúdo e fazer uma revisão de qualidade.
 

2. Quais as principais características da primeira fase da Unicamp e da Fuvest em Matemática?  

A  principal característica da Unicamp, na prova de matemática, é cobrar exercícios diretos, com pouco texto e muita álgebra. A prova de matemática da Unicamp dá preferência às letras do que aos números. Os exercícios são, em sua grande maioria, literais e o estudante precisa ir preparado para isso. Considero uma prova de nível médio para os padrões paulistas. É uma prova que não exige muito do tempo, mas cobra muita teoria.  

 
A Fuvest possui uma prova de matemática com nível elevado e com muita ênfase em funções, geometria e trigonometria. É uma prova difícil, com algumas resoluções extensas e os estudantes precisam estar muito bem preparados.  

 
O maior desafio é conseguir resolver as questões no tempo e estar em dia com os temas mais complicados.  

 
Um bom método de estudo para a Fuvest é pegar provas anteriores e cronometrar o tempo de resolução. Como é uma prova muito tradicional, resolver os vestibulares anteriores é fundamental.