Noticias

Vestibular: queimadas devem ser tema da prova de Atualidades

Confira as dicas de estudo e inscreva-se no Virando Bixo 2020 para reforçar sua preparação para os exames

| Da Redação

 

Além das queimadas, a pandemia de Covid-19 está entre os conteúdos cotados para o vestibular

 

Esta é a quarta semana do simulado online Virando Bixo e a prova da semana é de Geografia e Atualidades.  


A prova foi elaborada pelos professores do curso e colégio Poliedro, com base nas tendências do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e dos principais vestibulares, como os da Unicamp, Fuvest e Unesp.  


Se você ainda não está fazendo o simulado, não perca mais tempo e se inscreva já! É grátis, basta fazer o cadastro AQUI. E se você quer saber mais sobre o Virando Bixo, leia nesta matéria.  


Com base nas análises do Enem e das provas dos vestibulares, a professora Cristina Carmo, que dá aulas de Geografia e Atualidades no Colégio Poliedro, selecionou os cinco tópicos mais recorrentes de Geografia:

1.Globalização (10,1%)  

2.Climatologia (8,9%)  

3.Cartografia (7,6%)  

4.Urbanização (7,6%)  

5.Indústria (7,6%)

Em Atualidades, Cristina chama a atenção para a possibilidade de haver uma diferença em termos de conteúdo entre o Enem e as provas da Unicamp, Fuvest e Unesp: ela acredita que o Enem provavelmente será mais conteúdista, enquanto os vestibulares devem abordar a pandemia de Covid-19 e as queimadas no Brasil.  


Outra dica muito importante da professora: "Sempre digo para os alunos ficarem muito atentos nas atualidades dos meses de junho e julho!".  


Fuvest, Unicamp e Unesp 

- Na Fuvest, Unicamp, Unesp e em grande parte dos vestibulares, seguramente a principal atualidade abordada será a pandemia do Covid-19, que deve permear questões de geopolítica e até mesmo de ciências.  


- A prova de Geografia é muito influenciada por atualidades, então aparece mesmo em questões científicas. O contexto da pandemia, paralelos com a gripe espanhola, por exemplo, desenvolvimento, discussão e importância da vacina pode ser temas de questões variadas.  


- A pandemia deve aparecer até mesmo em provas de Biologia e Química. Será uma pauta recorrente nos processos seletivos.
 

- Outro assunto importante é a questão das queimadas como um todo. Parte de uma atualidade ambiental, política e social. Pode gerar ganchos com aquecimento global, por exemplo. É um tema que já começou no ano passado, com casos nos Estados Unidos.  


- Por fim, o ciclone, bomba, evento climático muito atípico no Brasil, pode ser abordado. Também faz um gancho com o aquecimento global.  


Enem  

Já o Enem entra em um quadro diferente. Não deve cobrar nenhum dos temas acima, em grande parte suprimidos pelo governo federal. Não deverá ser uma prova de características atuais, mas conteúdistas.  


Podem cair questões sobre clima e ventos, puramente teóricas, sem ganchos quentes. Vai na contramão da proposta do Enem, inclusive, que é romper com exames puramente conteúdistas.  


Como estudar  

As matérias de Ciências Humanas apresentam conteúdos densos, que exigem memorização. Antes de tudo, é importante prestar atenção nas aulas e fazer resumos de tudo o que for importante. Não deixe de lado datas, nomes e lugares, que podem ser cobrados na prova, para verificar o entendimento e a capacidade de memorização do tema.  


Observe, com calma, o edital do Enem e verifique tudo o que pode ser cobrado em prova. Tente relacionar os temas, que, muitas vezes, podem complementar-se e dê prioridade à graduação dos conteúdos: dos mais básicos para os mais avançados, assim ficará mais fácil compreender a linha de raciocínio da matéria.  


Uma dica que pode facilitar bastante a fixação do conteúdo é a criação de pequenos cartões com conceitos ou o que julgar mais difícil de recordar. Faça um esforço para relê-los todos os dias, assim a memória fotográfica pode contribuir na hora da prova.  


O principal é a leitura atenta de cada tema! Não temos como escapar. Revise sempre que puder e busque entender, a fundo, cada tópico. Sempre que encontrar dúvida, pergunte ao professor. Não deixe nada passar!