Noticias

Unicamp: inscrições para o Vestibular 2021 até esta terça

Universidade oferece 3,2 mil vagas no processo seletivo; candidatos devem pagar a taxa de inscrição até quinta (10/9)

| Da Redação

Por causa da pandemia de Covid-19, as provas do vestibular serão em janeiro
 

Termina, nesta terça-feira (8/9), o prazo de inscrições para o Vestibular 2021 da Unicamp. Para se inscrever, é preciso acessar o site da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest), clicando aqui


A universidade oferece 3.234 vagas em 69 cursos. A taxa de inscrição custa R$ 170,00 e pode ser paga até dia 10 de setembro. O número total de vagas inclui as 639 vagas previstas para o edital Enem-Unicamp, que não será oferecido para ingresso em 2021. Os percentuais de reserva de vagas para candidatos de escola pública e candidatos autodeclarados pretos e pardos serão garantidos no vestibular.

Confira mais detalhes sobre as inscrições:

- É possível fazer até duas opções de cursos, desde que da mesma área.

- No ato da inscrição e de acordo com o perfil, os candidatos podem optar pelas diferentes políticas de inclusão, como cotas étnico-raciais, reserva de vagas e bonificação para estudantes de escola pública.

- Estudantes que cursaram integralmente o ensino médio em escola pública, podem fazer uso das duas políticas simultaneamente. As informações estão no Manual do Ingresso e na página da Comvest.


As provas

Para reduzir o número de estudantes circulando e evitar aglomeração nas escolas, por causa da pandemia de Covid-19, a primeira fase será aplicada em dois dias: 6 e 7 de janeiro de 2021.


Candidatos aos cursos do segmento de Ciências Humanas/Artes e de Exatas/Tecnológicas farão a prova no dia 6 de janeiro, uma quarta-feira.


Candidatos da área de Ciências Biológicas/Saúde farão a prova no dia seguinte, ou seja, 7 de janeiro, uma quinta-feira.  


A segunda fase do Vestibular não sofrerá alteração do formato e continuará sendo aplicada em dois dias: 7 e 8 de fevereiro de 2021.


As provas de Habilidades Específicas serão realizadas nos dias 11 e 12 de fevereiro, exceto para os cursos de Música, cujas etapas ocorrerão em setembro/outubro/novembro.



Mudanças

A Comvest tomou várias medidas com vistas a minimizar os efeitos da pandemia para os candidatos. Além da aplicação da primeira fase em dois dias, as questões da prova serão reduzidas de 90 para 72 e o tempo máximo para sua realização diminuirá de cinco para quatro horas.
 

Por outro lado, o número de locais de provas será ampliado, além da inclusão de duas novas cidades no estado de São Paulo: Barueri e Fernandópolis. As medidas buscam ampliar a cobertura do Vestibular Unicamp e evitar longos deslocamentos.
 

Desta maneira, no Estado de São Paulo, a Unicamp passa a aplicar as provas de seu Vestibular em 32 cidades: Araçatuba, Barueri, Bauru, Botucatu, Bragança Paulista, Campinas, Fernandópolis, Franca, Guarulhos, Indaiatuba, Jundiaí, Limeira, Lorena, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santa Bárbara DOeste, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Sumaré e Valinhos.
 

Fora do estado de São Paulo, recebem as provas do Vestibular Unicamp cinco capitais: Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza e Salvador.


(Com informações da Comvest/Unicamp)