Noticias

Na era da internet, publicidade deve unir inovação e verdade

A estudante Bruna Finati, aluna da PUC-Campinas, conta sua experiência no curso de Propaganda e Marketing e nos estágios

| Da Redação

Como ser bem-sucedido no campo da publicidade num mundo inundado de informação? Para a estudante Bruna Finati, 20 anos, que cursa o 3.º ano de Propaganda e Marketing da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), a chave do sucesso é ser autêntico e aberto a novas experiências.  

"Se você for uma pessoa aberta, se experimentar coisas diferentes, você vai ser mais criativo. E a criatividade é a chave do negócio", diz Bruna. Mas não basta só criatividade para ser um bom publicitário. Também é importante ser aberto a ideias e tendências, por isso, nessa profissão, é fundamental manter-se conectado a inovações e tendências.  

Segundo ela, o curso propicia esse contato, por ser muito abrangente, mas o estudante tem de se dedicar. Bruna faz estágio desde o 1.º ano. Já foi assistente de site, já trabalhou com criação e quer experimentar outras áreas.  

"Gostei muito de trabalhar com redação publicitária. Não sabia que esse mundo existia! Tive ótimas experiências em agência, mas quero conhecer a área de marketing também", conta.   

A estudante Bruna Finati, que cursa Propaganda e Marketing na PUC-Campinas

Para ela, a conexão com a inovação e as mudanças nas formas de comunicação são naturais. "A comunicação está constantemente em mudança porque acompanha transformação do homem. A propaganda precisa acompanhar e, por isso é importante estar sempre se atualizando. É isso que faz a diferença do profissional".  

De olho no futuro, Bruna acredita que vale a pena investir em formação na área de audiovisual. "A vida virou um Netflix", diz a estudante. "Desde que entrei na faculdade, observo uma mudança forte na direção do mundo digital. Nesse campo, os audiovisuais são um formato interessante, pois é mais próximo e atraente para o público", analisa.  

Apesar disso, a publicidade não pode perder de vista o essencial: a verdade. "A comunicação deve ser atraente, persuasiva e sincera, ou seja, não pode falsear um produto". Essa é, na visão da jovem, a melhor estratégia para conquistar o público.