Noticias

O que já sabemos sobre o impacto da tragédia em Brumadinho?

Entenda a história e as consequências ambientais do rompimento da barragem da Vale no município mineiro

| Da Redação

Desde sexta-feira (25/1), os olhos do Brasil estão voltados para a cidade de Brumadinho, em Minas Gerais. Com cerca de 40 mil habitantes e localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, Brumadinho é a sede do museu ao ar livre Inhotim, conhecido mundialmente pelas obras de arte contemporânea e pelo belo paisagismo tropical.

Mas, desde a última sexta-feira, Brumadinho também ganhou fama mundial por ter sido o local de um dos maiores acidentes ambientais que já ocorreram no Brasil, por causa do rompimento de uma barragem de contenção de rejeitos de minério de ferro da mineradora Vale.  

Com o rompimento, um mar de lama escoou pelo município, invadindo tudo e soterrando pessoas. Segundo balanço disponível hoje (30/1), há pelo menos 84 mortos e 276 desaparecidos.   

Bombeiros buscam vítimas em meio à lama em Brumadinho

O acidente em Brumadinho ocorreu três anos depois de outra tragédia ambiental também envolvendo a mineradora Vale, no município mineiro de Mariana. Na época, um mar de lema com rejeitos de minério tomou conta do rio Doce até desaguar no mar, no estado do Espírito Santo. Até hoje, a Vale responde na Justiça pelo acidente em Mariana e as comunidades do município e da região ainda sofrem com as consequências do desastre.  

Os acidentes em Brumadinho e em Mariana remetem tanto à história quanto às questões ambientais.  

A Vale é uma empresa que surgiu na década de 1940, pelo presidente Getúlio Vargas, com o objetivo de impulsionar a exploração de minérios em Minas Gerais. Nos anos 1990, a Vale foi privatizada.  

Como se sabe, desde o século XVII, ocorre exploração de minérios no estado: inicialmente, ouro, diamantes e, posteriormente, o ferro.  O Brasil é um dos cinco maiores produtores de ferro do mundo. A atividade responde por uma parte importante do Produto Interno Bruto (PIB). E a Vale é a maior exportadora de minério de ferro do mundo. 

As impressionantes imagens da tragédia em Brumadinho levam fazem pensar nas consequências para o meio ambiente e para as pessoas. No caso de Mariana, os especialistas avaliam que os impactos são tão grandes, que se tornam incalculáveis.

Em Brumadinho não deverá ser diferente. Os impactos são difíceis de mensurar, mas especialistas apontam risco de contaminação do solo e das águas por metais pesados, entre outros riscos à vida, por causa do tipo de material que fica contido nas barragens das mineradoras.  

Mas por que acidentes como esses acontecem? Este podcast ajuda a compreender os motivos, que são de diversas natureza e envolvem interesses econômicos, falhas na legislação, entre tantos outros.