O que significa ser "de direita" ou "de esquerda"?

Compreenda esses conceitos, fundamentais para acompanhar o debate sobre a polarização política no Brasil e no mundo

    • Da Redação
    • /
    • Marta Avancini

Polarização é uma palavra que está na ordem do dia. Está presente nas notícias, nas redes sociais, especialmente durante a campanha eleitoral de 2018. Nesse contexto, ela traduz a divisão entre grupos políticos que defendem pontos de vista opostos, caracterizados como esquerda e direita.  

A polarização política, associada ao fenômeno da ascensão da extrema direita no Brasil e no mundo, é um dos temas de atualidades cotados para cair no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e nos vestibulares. Aproveitando que nesta semana, os participantes do simulado Virando Bixo estão fazendo as provas de Filosofia e Atualidades, selecionamos um material especial para colocar os conceitos nos seus devidos lugares.  


Um exemplo da divisão entre esquerda e direita está ocorrendo na campanha eleitoral para Presidência da República no Brasil, entre os eleitores que apoiam Jair Bolsonaro (PSL) e o partidários de Fernando Haddad (PT). Mas o que significa ser "de direita" ou "de esquerda"?  


Esses conceitos ganharam força na atualidade, mas eles existem há muito tempo, remontam aos séculos XVII e XVIII, época da Revolução Americana (1775 1783) e da Revolução Francesa (1889), como explica o professor Otto Barreto do PróEnem.
 



No próximo vídeo, do canal Leitura ObrigaHistória, você vai compreender o quanto os conceitos de esquerda e direita são complexos,
 





Comentários

Confira também