Noticias

Corrupção é tema de dissertação na prova final do simulado "Virando Bixo"

Resultado será divulgado em 17 de abril; primeiros colocados vão ganhar um Etios 0 km e um curso de inglês no Canadá

| Virando Bixo

Uma prova bem formulada, com questões semelhantes às dos principais vestibulares. Foi assim que estudantes fizeram a prova presencial do simulado Virando Bixo neste domingo (26) definiram o exame.

Ao todo, 31 estudantes classificados fizeram a prova – ponto alto de um processo que durou envolveu 4 mil estudantes (entre vestibulandos e treineiros), que participaram do simulado online Virando Bixo, realizado entre agosto de 2016 e fevereiro de 2017.

A prova presencial teve 32 questões de múltipla escolha sobre as disciplinas do ensino médio e uma redação. O exame foi elaborado pelo colégio e curso Elite Campinas, que será responsável pela correção.

O vencedor da categoria Vestibulando ganhará um carro Toyota Etios 0 km e o vencedor da categoria Treineiro, um curso de inglês de quatro semanas no Canadá, com suporte da CI – Central de Intercâmbio.

O resultado será divulgado em 17 de abril.

A temporada 2017 do simulado online Virando Bixo começará em 10 de maio. Podem participar estudantes de ensino médio e vestibulandos. A data de início das inscrições será divulgada em breve.

Leia mais sobre o simulado Virando Bixo:

Repercussão

“A prova foi bem feita, não achei muito difícil”, disse a estudante Camila Chrystine Andrade Faciulli, 16 anos, que participou do simulado como treineira. 

Já Marcos Veld de Wit, 16 anos, que também concorre na categoria treineiro, elogiou a redação. “O tema é bem atual, lembra muito os vestibulares”, disse.

O tema da redação foi “Corrupção: a sociedade brasileira no espelho”. Os estudantes tiveram de escrever uma dissertação a partir de três textos motivadores: uma notícia sobre a operação Carne Fraca (realizada pela Polícia Federal em 17 de março e que desvendou um esquema de corrupção envolvendo frigoríficos e fiscais para burlar controles sanitários), um trecho de uma matéria jornalística sobre uma pesquisa sobre a conivência das pessoas com a corrupção e um material ilustrativo sobre pequenos atos de corrupção cometidos no dia a dia.

Para a estudante Ana Carolina Berbel, 26 anos, que concorre na categoria Vestibulando, a prova não foi difícil, mas tinha vários conteúdos que ela não tinha visto anteriormente. “Isso é bom porque sinaliza o que é importante estudar para o vestibular”, afirma. Ana Carolina quer cursar Medicina e pretende prestar vestibular no fim de 2017. “Vou participar do simulado novamente este ano para me preparar para o vestibular”.

 

Virando Bixo
Estudantes durante a prova presencial do Virando Bixo - Edição 2016-2017

 

Veja a reportagem da EPTV sobre a prova final do simulado Virando Bixo.

 

Veja também