dicasdeestudo

"Sagarana" demonstra, em nove contos, toda a genialidade de João Guimarães Rosa

Obra do autor mineiro, publicada em 1946, é muito cobrada nos grandes vestibulares

| ViaEPTV

Desde seus primeiros anos, João Guimarães Rosa, mineiro de Cordisburgo, demonstrava traços de sua genialidade. Aprendeu a ler sozinho e logo passou a se interessar por idiomas. Mais tarde, viria a se tornar fluente em diversas línguas, habilidade que levou para sua carreira de diplomata. Também se formou em Medicina, mas nunca perdeu o interesse pelo contato com pessoas simples. E, dessa convivência, inspirou-se para escrever seus primeiros contos.

Nove deles estão reunidos em "Sagarana", publicado em 1946, e muito cobrado nos grandes vestibulares. Guimarães Rosa é considerado um autor da 3ª fase do modernismo brasileiro, também conhecida como geração de 1945, da qual fazem parte escritores como Lygia Fagundes Telles, clarice Lispector, Ariano Suassuna e João Cabral de Melo Neto. Guimarães, entretanto, criou um estilo próprio, utilizando todo seu conhecimento de idiomas.

"Ele extraiu da nossa língua toda sua potencialidade", comenta nesta resenha Isabella Lubrano, do canal Ler Antes de Morrer, parceiro do Virando Bixo. Ela explica que, em "Sagarana", Guimarães conta histórias do interior de Minas Gerais, mas com temas que são comuns a toda humanidade.

Confira mais resenhas aqui.

 

 

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também