Carreiras

Impactos da Covid-19 no trabalho. Você precisa saber disso!

A pandemia trouxe o mundo digital para o cotidiano, por isso, quando ela passar, demanda por especialistas na área deve aumentar

| Da Redação

A pandemia mudou a nossa relação com o mundo digital, influenciando o mercado de trabalho
 

A pandemia trouxe uma realidade para nossas vidas que antes nós nem sonhávamos! Vivemos cenas que pareciam filme de ficção cientifica, e passamos por muito medo, ansiedade, dores e perdas. 


Em um cenário desses não é difícil perceber que toda a sociedade foi impactada: as pessoas, as empresas e o mercado.  Sofremos restrições, perdemos o direito de sair de nossas casas, e nos vimos obrigados a recorrer a tecnologia para realizar as compras de mercado, remédio, roupas, enfim, tudo o que precisamos para viver. E também recorremos a tecnologia para trabalhar, estudar, nos divertir e até namorar.   


Durante pelo menos 16 meses (e contando...) nossas vidas se resumiu a tela do computador e os familiares próximos.  


Segundo pesquisadores e analistas de comportamento, mesmo após a liberação e a vacinação de toda a população, alguns hábitos deverão permanecer, como por exemplo: Segundo pesquisa realizada pela LiveCareer, 29% dos funcionários das empresas que migraram para o modelo 100% online, afirmam que pediriam demissão caso fossem forçados a retornar ao trabalho de forma presencial e integral.  


Tudo indica que o modelo de trabalho híbrido será tendência, o mesmo se aplica no ensino, onde muitas instituições vão manter o modelo hibrido, e pensando bem, tudo indica que o "hábito" de comprar alimentos, roupas, remédios online irá se manter. Certamente, para pagar contas, fazer transferências também, e ainda, fazer reuniões e audiências (muitos advogados, vendedores e executivos viajavam muito para reuniões e audiências presenciais, se dizem mais felizes agora).  


Bom, já que fomos apresentados para algumas tecnologias e até nos afeiçoamos a elas, apostamos que o digital seguirá sendo importante, por isso, os negócios deverão existir no modelo digital, o que gera demanda de especialistas em negócios digitais, especialistas em e-commerce, programadores, cientistas de dados, analistas de big data, user experience e user interface designers, marketing digital, e outros especialistas em transformar negócios físicos em digitais, ou até mesmo especialistas em criar negócios digitais.  


Quer descobrir qual profissão é a sua cara? Conheça o programa de Consultoria vocacional, profissional e Transicão de Carreira da QCarreira, parceira do Virando Bixo!