Calendario

Unicamp: aberto o prazo de inscrições para o Vestibular 2021

Estudantes podem se inscrever até 8 de setembro; confira as novidades e adaptações por causa da pandemia de Covid-19

| Da Redação

Para garantir as condições sanitárias, a primeira fase será realizada em dois dias e o número de questões da prova foi reduzido
 

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) está abriu hoje (30/7) as inscrições para o Vestibular Unicamp 2021. O prazo termina em 8 de setembro.  


Os candidatos devem se inscrever no site da Comvest, a comissão responsável pelo vestibular da Unicamp: www.comvest.unicamp.br.  


Vagas e cursos  

Ao todo, são oferecidas 3.234 vagas em 69 cursos. As vagas do vestibular incluem as 639 vagas previstas para o edital Enem-Unicamp, que não será oferecido para ingresso em 2021. Leia mais nesta matéria do Virando Bixo. 

É possível fazer até duas opções de cursos, desde que da mesma área.
 

Taxa de inscrição 

A taxa de inscrição não sofreu reajuste (R$ 170) e pode ser paga até dia 10 de setembro. 


Manual do Ingresso 2021 e aplicativo do Vestibular  

A Comvest disponibiliza um aplicativo gratuito, a partir do qual os estudantes podem receber alerta sobre as datas importantes do vestibular, além de ter acesso rápido às informações mais relevantes.  

O Manual do Ingresso 2021 está disponível para consulta na página eletrônica da Comvest. 

 

Ações afirmativas  

Os percentuais de reserva de vagas para candidatos de escola pública e candidatos autodeclarados pretos e pardos serão garantidos no vestibular.  

Para garantir os percentuais mínimos de reserva de vagas que estavam previstos na modalidade Enem-Unicamp, eles serão transferidos para as vagas do vestibular.  


A distribuição de vagas no Vestibular Unicamp 2021 fica assim: 

 - 15% para candidatos de escola pública (sendo 10% para candidatos de escola pública e 5% para candidatos de escola pública autodeclarados pretos e pardos). 

- 10% para candidatos autodeclarados pretos e pardos (sendo 5% para candidatos de escolas públicas e 5% para candidatos das demais escolas).   

Desta maneira, com o percentual de 15% que já existia no vestibular, fica estabelecido o mínimo de 25% dos ingressantes autodeclarados pretos ou pardos. 

Para estudantes de escola pública, continua valendo a bonificação oferecida a candidatos que fizeram ensino público. Assim, os estudantes que optarem por participar do Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (PAAIS) receberão automaticamente, na primeira e na segunda fase, as seguintes pontuações:   

 - 20 pontos para aqueles que cursaram integralmente o ensino fundamental II em escolas públicas  

 - 40 pontos para aqueles cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas; 60 pontos para aqueles que cursaram ambos os períodos na rede pública. 

 

Primeira fase em dois dias  

Para reduzir o número de estudantes circulando e evitar aglomeração nas escolas, por causa da pandemia de Covid-19, a primeira fase será aplicada em dois dias: 6 e 7 de janeiro de 2021.  

O dia de realização da primeira fase, para cada candidato, depende do curso escolhido:  

6 de janeiro (quarta-feira): Candidatos aos cursos do segmento de Ciências Humanas/Artes e de Exatas/Tecnológicas.  

7 de janeiro (quinta-feira): Candidatos da área de Ciências Biológicas/Saúde.
 


Segunda fase 

A segunda fase do Vestibular não sofrerá alteração do formato e continuará sendo aplicada em dois dias: 7 e 8 de fevereiro de 2021. As provas de Habilidades Específicas serão realizadas nos dias 11 e 12 de fevereiro, exceto para os cursos de Música, cujas etapas ocorrerão em setembro/outubro/novembro. 

 

Mudanças por causa da pandemia  

- Além da aplicação da primeira fase em dois dias, as questões da prova serão reduzidas de 90 para 72 e o tempo máximo para sua realização diminuirá de cinco para quatro horas.  


- A lista de obras de leitura obrigatória para o Vestibular Unicamp 2021 de 12 para sete obras, em virtude da dificuldade de acesso a bibliotecas e os efeitos na educação pública e privada.  


- O número de locais de provas será ampliado, além da inclusão de duas novas cidades no estado de São Paulo: Barueri e Fernandópolis. As medidas buscam ampliar a cobertura do Vestibular Unicamp e evitar longos deslocamentos.  

 

A prova da primeira fase será realizada, então em 32 cidades no estado de São Paulo: Araçatuba, Barueri, Bauru, Botucatu, Bragança Paulista, Campinas, Fernandópolis, Franca, Guarulhos, Indaiatuba, Jundiaí, Limeira, Lorena, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santa Bárbara DOeste, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Sumaré e Valinhos.  


- Fora do estado de São Paulo, recebem as provas do Vestibular Unicamp cinco capitais: Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza e Salvador.
 

Assista à live com o coordenador executivo da Comvest, José Alves de Freitas Neto, em que ele tira dúvidas dos estudantes sobre o Vestibular Unicamp 2021: