Noticias

Grátis ou pago? Professor orienta escolha de cursos online

Decisão deve ser baseada nos objetivos profissionais, condição financeira e interesses, de acordo com docente da ESPM

| Da Redação

A pandemia do novo coronavírus, que motivou a suspensão das aulas presenciais, criou um novo cenário: o aumento da oferta e da procura pelo ensino a distância. Seja para se atualizar dentro de uma área do conhecimento, aproveitar o tempo ocioso gerado pelo isolamento social ou para encontrar um diferencial no currículo, muitas pessoas têm recorrido ao estudo via internet nesse período de isolamento social.


Agora, em meio a tantas oportunidades, como definir o curso a ser feito? Preço? Instituição de ensino? Relevância do tema? Duração? Gera ou não certificado? Cursos gratuitos tem algum real valor em dias atuais?


Para responder a uma pergunta tão complexa, o professor da ESPM Bruno Peres, especialista em comunicação digital, organizou uma espécie de mini-guia para ajudar na horas de filtrar as ofertas de cursos e escolher os mais interessantes.


Qual seu objetivo?

Tudo depende do que está procurando em sua carreira. Você está procurando se especializar em alguma área específica ou busca um conhecimento genérico sobre o tema? Precisa colocar a mão na massa, aprender sobre um sistema específico?
Pense em seu objetivo antes de se matricular em dezenas de cursos, mesmo os gratuitos. Se tempo é dinheiro, é errado investir boa parte de seus dias em cursos que não passam nem perto do que você quer para seu futuro.


Grátis ou pago?

No que diz respeito à objetividade de cursos gratuitos, muitos deles curtos e rasos demais, apenas em busca de seu e-mail para uma futura venda. E isso não é um problema, longe disso. Existem ótimos conteúdos gratuitos em vídeos de YouTube, em lives, e-books e artigos por toda a internet.


Porém, eles provavelmente não trarão a profundidade e consistência de muitos cursos pagos. Em contrapartida, existem cursos caríssimos com bibliografias medíocres e métodos duvidosos.


Para ajudar você a tomar a decisão, aqui vai uma lista de itens a considerar na hora da escolha:


Comece com um rascunho do que deseja para sua carreira;

- Pesquise sobre esses temas, verifique fontes e resultados para evitar conteúdos inverídicos e falsos gurus milagreiros;

- Cursos gratuitos e outros materiais livres podem ajudá-lo a conhecer mais sobre um assunto ainda tido como novo;

- Cursos pagos, com professores renomados, que apresentam um conteúdo mais profundo e com mais horas para a transmissão de conhecimento entre alunos e professores serão o caminho para efetivar esse aprendizado.


Vale a ressalva:

Quaisquer cursos sejam pagos ou gratuitos não farão de você um expert em algo, independentemente do tema abordado. Serão, sim, um bom start para que decida por escolhas maiores dentro da área que deseja trabalhar.