Noticias

Saiba como escolher o melhor curso de Medicina para você

Além da concorrência, vestibulando deve levar em conta a infraestrutura e a reputação da instituição

| Da Redação

Cursar Medicina é o sonho de muitos vestibulandos. No entanto, o vestibular para Medicina costuma ser o mais concorrido de todos. Na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), foram 330 candidatos por vaga no Vestibular 2019. Na Universidade Estadual Paulista (Unesp) , 307,8 vestibulandos disputaram as vagas do curso de Medicina no campus de Botucatu. E na Fuvest, foram 115,2 candidatos por vaga na Medicina em São Paulo no vestibular do ano passado.  


Segundo o Ministério da Educação (MEC), em 2018, somente 30 mil estudantes ingressaram num curso de Medicina num universo de 3,2 milhões de ingressantes no ensino superior no país. Ao todo, existem 290 cursos de Medicina, o que explica por que a concorrência é tão alta.    


O curso de Medicina é um dos mais desejados pelos vestibulandos

 

Para orientar quem está pensando em prestar Medicina, apresentamos uma lista com os dez cursos mais concorridos, preparada pelo site Quero Bolsa. Foram considerados quatro critérios: a concorrência, o nível de dificuldade das provas, a abrangência cobrada e o nível dos concorrentes.  


Universidade de São Paulo (USP) 

Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)  

Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)  

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)  

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)  

Universidade Estadual Paulista (Unesp)  

Universidade Federal do Paraná (UFPR)  

Faculdade de Ciências Médicas de São Paulo (Santa Casa)  

Universidade Federal de São Carlos (Ufscar)  

Universidade Estadual de Londrina (UEL)  


No entanto, a concorrência não é o único aspecto que o estudante deve levar em conta na hora de escolher a instituição para prestar vestibular. É importante conhecer a faculdade, ou seja, se possível, é importante visitar a instituição, conhecer a infraestrutura e conversar com funcionários e alunos. Também é recomendável levar em conta as avaliações da instituição pretendida e a reputação que ela tem no mercado de trabalho.