ViaEPTV.com
  • 1

Mariana Lessa, protagonista de Julie e os Fantasmas, fala sobre sua carreira

Trilha do seriado deu origem a um disco

06/08/2012 - 10:57

ViaEPTV.com

Alterar o tamanho da letra A+ A A-


Julie, uma garota de 15 anos, bastante talentosa mas extremamente tímida, adora cantar, porém não consegue soltar a voz em público. Um dia, acidentalmente, liberta de um disco de vinil os fantasmas de uma banda que desapareceu misteriosamente nos anos 80. A partir da relação com eles, Julie dá uma guinada em sua vida. Este é o resumo do seriado “Julie e os Fantasmas”, lançado em outubro de 2011.



A protagonista é interpretada por Mariana Lessa, que neste mês completa 20 anos, e está experimentando uma nova fase em sua carreira. Agora, ela divide suas atividades como atriz com a novidade de ser cantora. O seriado deu origem a um CD, recém-lançado, que traz músicas do produtor Rick Bonadio, da cantora teen Manu Gavassi e de Di Ferrero e Gee Rocha, do NX Zero.

Sobre este momento, Mariana deu a entrevista a seguir.

Como está sendo esta sua estreia como cantora num disco?
Estou adorando. Não esperava que o público fosse gostar tanto assim das músicas, da voz. Tive que aprender a cantar e fiquei bem feliz com o resultado.

Você teve alguma participação na escolha das músicas que comporiam o CD?
A escolha foi do Rick Bonadio. Ele fez algumas músicas, os meninos do NX (Zero) fizeram uma, a Manu Gavassi fez três. Mas não participei dessa escolha.

Você encarou a gravação deste disco como um aprendizado?
Sim, tem sido um grande aprendizado. Não pude mudar as músicas, mas coloquei minha interpretação em todas elas.

Como você avalia a recepção do público ao seriado?
Acho que a série foi bem aceita, ainda mais por ser brasileira. O pessoal às vezes tem preconceito com coisas brasileiras, mas o seriado mostrou que, apesar de ser uma produção nacional, tem qualidade. Tenho bastante contato com os fãs pelo Twitter e senti que a galera aceitou bem, gostou.

Realmente há vários seriados teens norte-americanos e até latinos que fazem sucesso no Brasil. Você acha que faltam mais programas brasileiros desse tipo?
Com certeza. O Brasil tem coisas muito boas e capacidade de mostrar que pode fazer programas bons.

Além dos adolescentes, outras faixas etárias acabaram acompanhando o seriado?
Acho que alcançamos todas as faixas etárias. Tem muitas crianças que gostam, tem as mães que assistem com os filhos e falam que gostam. Acabamos pegando todo mundo.

Haverá uma segunda temporada?
A gente ainda não sabe se terá uma outra temporada, apesar de terem divulgado na internet que haveria. Não fomos nós que divulgamos isso. A produção do programa está em processo de conversação com as emissoras. Ainda não temos nenhuma definição.

Você disputará os Meus Prêmios Nick como atriz e cantora. Como está sendo poder concorrer nessas duas categorias?
Tenho muita expectativa, apesar de estar concorrendo com grandes artistas. Se estou concorrendo, é porque acho que o público aceitou bem meu trabalho. Já está ótimo, não preciso nem ganhar (risos).

Concorrer também como cantora foi uma surpresa para você?
Foi sim, nunca imaginei.

Você pretende dar continuidade à carreira de cantora juntamente com a de atriz?
Pretendo. Ainda não tenho nada previsto, mas gostei bastante.

Seu pai, Carlos Grillo, é ator. Foi natural para você seguir nessa carreira?
Sim, foi natural. Desde que era bebê de colo, eu ia gravar junto com meu pai. Cresci nessa área, então acho que estava bem preparada.

Como está seu dia a dia depois de ganhar fama?
Não precisei deixar de fazer nada, porque as pessoas me reconhecem mais se estou caracterizada como a Julie. Mas se estou normal, não me reconhecem muito.

E os estudos?
Tranquei a faculdade por conta do seriado, mas neste semestre vou voltar.

Simulado Virando Bixo