Beneficiários do Fies poderão renegociar contratos em atraso

Regras e condições para inadimplentes serão divulgados no segundo semestre; nesta terça (26) termina prazo de inscrição para vagas remanescentes

    • Da Redação
    • /
    • Marta Avancini

Estudantes que fizeram o Financiamento Estudantil (Fies) e estão inadimplentes poderão renegociar suas dívidas a partir do segundo semestre. A informação foi divulgada pelo Ministério da Educação (MEC) nesta segunda-feira (25/6).
A renegociação é possível por causa de uma lei (n.º 13.682), publicada na semana passada.  

De acordo com o MEC, atualmente há 2,7 milhões de contratos do Fies em vigor e pelo menos 453 mil estudantes inadimplentes, totalizando um débito de R$ 10 bilhões. O número de inadimplentes pode ser maior, calcula o MEC, pois existem 827 mil contratos em fase de amortização.  

O Fies é o principal programa de financiamento estudantil do país. Em 2018, ele foi modificado e passou a ter três modalidades, detalhadas a seguir. 

Fies
Modalidade 1: alunos com renda per capita familiar de três salários mínimos. Juros zero.  

P-Fies
Modalidade 2: alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. Voltado para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Taxa de juros é de 3%, mais correção monetária.  

Modalidade 3: estudantes com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. Taxa de juros semelhante à praticada pelo mercado e definida conforme o caso.  

No primeiro semestre, foram oferecidas 80 mil vagas para o Fies (modalidade 1), das quais apenas 35.866 foram firmadas. Outras 16.351 estão em processo para vagas remanescentes.  

Já no P-Fies, de 75 mil contratos esperados, somente 800 foram assinados.  

Até terça-feira (26/6), é possível aplicar para vagas remanescentes do Fies 2108/primeiro semestre no site do programa. Confira, abaixo, quem ainda pode se inscrever (alunos matriculados no curso desejado e querem financiar os estudos).

1º/06 a 26/06
Período de inscrição para os candidatos que não tenham concluído o ensino superior e não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que estejam matriculados.  

02/06 a 26/06
Período de inscrição para os candidatos que não tenham concluído o ensino superior, mas já tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e o tenham quitado e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que estejam matriculados.  

03/06 a 26/06
Período de inscrição para os candidatos que já tenham concluído o ensino superior e não tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que estejam matriculados.  

04/06 a 26/06
Período de inscrição para os candidatos que já tenham concluído o ensino superior e tenham quitado financiamento estudantil anterior e que se inscrevam para vaga remanescente em curso de IES em que estejam matriculados.  

Mais informações no site do Fies.



Comentários

Confira também