Tornar a vida sustentável é o objetivo da engenharia ambiental

Profissão surgiu há cerca de 30 anos, no contexto da preocupação com a preservação do meio ambiente em todo o mundo

    • Da Redação
    • /
    • Marta Avancini

A engenharia ambiental não é apenas um ramo do conhecimento voltado para o desenvolvimento de técnicas para analisar, fazer o manejo e monitorar problemas ambientais e urbanos. Por trás disso, existe uma "causa", uma preocupação com um futuro melhor, mais sustentável e saudável. É assim que o jovem Ricardo Serradilha Honorato define sua profissão.  

Formado em Engenharia Ambiental e Sanitária pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) em 2014, Honorato já possui uma trajetória profissional diversificada, iniciada durante a graduação. "No segundo ano do curso, participei de um projeto na Polícia Ambiental. Atuava na área administrativa, não ia a campo, mas foi uma ótima oportunidade para aprender sobre a legislação e para ter contato com pessoas trabalhando na área", conta.   

Ricardo Serradilha Honorato (a esquerda, de camiseta preta) com seus colegas

Ainda na faculdade, no terceiro ano, foi selecionado para fazer um estágio na Tetra Pak, empresa multinacional que produz embalagens para alimentos. Após o estágio, ele foi efetivado e há um ano e meio trabalha como especialista em meio ambiente. "Sou responsável pela identificação de novas recicladoras para o mercado brasileiro".  

Ele faz parte de uma equipe de dez pessoas. Sua função é fazer a interface com empresas que reciclam plástico e alumínio, materiais usados para fazer as embalagens tetra pak.  

Honorato diz que está satisfeito com sua escolha profissional - embora o mercado de trabalho não seja tão amplo como se previa alguns anos atrás. "Escolhi a engenharia ambiental quando tinha 18 anos porque ela combina aspectos de várias áreas da engenharia civil, química etc. -, além de ter o foco na sustentabilidade". Naquela época, diz ele, o mercado parecia mais promissor do que é hoje, apesar disso ele não trocaria de profissão.  

O curso  

A Engenharia Ambiental é uma área relativamente nova, que surgiu há cerca de 30 anos, quando a preocupação com a preservação do meio ambiente e com a sustentabilidade passaram a fazer parte dos programas de governo e da vida das pessoas.  

Assim, o curso de graduação é voltado para o desenvolvimento sustentável, integrando as dimensões social, ecológica, tecnológica e econômica do meio ambiente. O objetivo é desenvolver técnicas de preservação do ar, da água e do solo.  

No curso, o aluno estuda os problemas do meio ambiente a fim de projetar, operar e construir sistemas de esgoto e água, sempre respeitando os limites de exploração ambiental.  

Os profissionais podem trabalhar em diversas frentes: consultoria, projetos autônomos em órgãos de governo, empresas de saneamento, no setor de meio ambiente de indústrias além de organizações sociais e na área de pesquisa. 

Onde estudar e qualidade dos cursos  

Para se informar sobre a qualidade dos cursos de engenharia ambiental, consulte o Ranking Universitário Folha (RUF), elaborado pelo jornal Folha de S.Paulo. Clique aqui para consultar.  

No site Quero Bolsa, é possível consultar as notas de corte para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Financiamento Estudantil (Fies) e Programa Universidade para Todos (ProUni).







Comentários

Confira também