Quatro dicas para o recém-formado aumentar as chances de conseguir um emprego

Professora da De Vry|Metrocamp enfatiza importância do bom uso do networking

    • Virando Bixo
    • /
    • Virando Bixo

Você sabia que a taxa de desemprego tenda a ser maior para os jovens? De acordo como Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego para trabalhadores entre 18 e 24 anos, foi de 25,9%, no fim do ano de 2016. Para a população em geral, a taxa doi de 11,6% entre setembro e dezembro do ano passado.

Por isso, é importante que os recém-formados saibam como se movimentar no mercado de trabalho, a fim de conseguir um emprego. Uma das chaves, explica Maria José da Costa Oliveira, professora de Comunicação da DeVry|Metrocamp, é importante saber usar as ferramentas certas, em especial o networking - ou rede de relacionamento, em português.

“Além da formação qualificada, conta muito o relacionamento mantido junto a pessoas que serão capazes de fazer indicações e dar referências, como é o caso de professores, profissionais da área e colegas.  É o networking que pode dar aquela mãozinha necessária para conseguir a tão sonhada vaga de emprego”, explica a docente.

Em contrapartida, o bom uso do networking não é garantia de conseguir um emprego. “Buscar qualificação constante, ser responsável e comprometido e desenvolver características como entusiasmo, empatia e iniciativa são elementos que formam o conjunto necessário que facilitará a inserção no mercado”, ressalta Maria José.

 Veja, abaixo, quatro dicas para os recém-formados que querem investir no networking:

1° Frequente eventos da sua área – esteja em locais que reúnem profissionais e potenciais empregadores de sua área, como congressos, palestras, encontros, workshops, feiras e exposições;

2° Use as redes sociais a seu favor – participe de grupos de profissionais da sua área nas redes sociais, esse é um espaço potencial onde ocorrem a divulgação de vagas e a busca de talentos;

3° Liste seus contatos e se mostre - elabore uma relação com nomes de professores, profissionais e colegas que você conhece e encaminhe um e-mail personalizado manifestando seu interesse em ingressar no mercado e solicitando sua indicação para eventuais vagas que surjam relacionadas ao seu perfil e que sejam de conhecimento dessas pessoas. Anexe junto seu currículo;

4° Seja assertivo e peça um encontro pessoalmente - faça uma relação de potenciais organizações que empregam em sua área e tente identificar os responsáveis pelo RH. Envie um e-mail com a manifestação de seu interesse em ingressar na organização e tente agendar uma entrevista. O contato pessoal é sempre recomendável e pode ser uma excelente oportunidade para evidenciar suas habilidades.

Neste vídeo do Canal do Coaching, Adriana Cubas, explica o que é e como fazer networking. Para  você começar a navegar nesse universo, é preciso conhecer a sua rede de relacionamentos, a qual pode ser classificada em três níveis de conexões: primeiro, identifique quem são as pessoas que fazem parte da sua rede de relacionamento. Segundo, as pessoas que você conhece, mas com quem você não tem um relacionamento (não é amigo, nem conhecido). Terceiro, há aquelas pessoas de quem você quer se aproximar. Veja o vídeo, que dá dicas sobre como se movimentar nesse mundo:
 


Comentários

Confira também